Mais uma pessoa com suspeita de malária foi internada no Hospital Universitário Lauro Wanderley, na UFPB em João Pessoa. Ele também residente de Conde, no Litoral Sul paraibano, assim como as outras vítimas, e deu entrada na unidade nessa sexta-feira (12).

O estado de saúde do homem de 59 anos é considerado estável. Esse chega a ser o 13º caso de malária envolvendo pessoa que mora ou passou pelo Conde.

O município de Conde emitiu a seguinte nota no dia 9 de julho sobre os casos de malária:

No dia 25 de junho foi notificado um caso de malária que não se configura como caso autóctone (aquele em que o paciente adquire a doença no próprio município de residência), este caso foi de uma paciente vinda da Venezuela para Roraima no Brasil, no início do mês de Março, por volta do dia 02 de Junho a paciente apresentou quadro clínico e resultado positivo para malária, onde foi tratada. No dia 20 de Junho, ela apresentou sintomas de uma possível recaída, mas mesmo assim no dia 23 deslocou-se de Roraima para o Conde, onde tem familiares. No dia 25 foi ao pronto atendimento municipal e após realização de teste rápido e gota espessa foi diagnosticado que a paciente ainda apresentava positividade para malária. Encaminhada no mesmo dia ao HU para tratamento, recebendo alta hospitalar no dia 28.

O último caso notificado no município foi no dia 14 de junho, todos os pacientes receberam alta hospitalar e seguem sob cuidados da Equipe da Comissão Especial de Investigação e Equipe de Estratégia de Saúde da Família.

Dos 12 pacientes notificados, 01 reside no município de João Pessoa e segue verificação de cura em seu local de residência, os demais estão sendo acompanhados pelo município. Destes, 03 já receberam alta por cura, após 63 dias de verificação de lâminas, para acompanhamento do nível de parasitemia.

No período de 02 à 09 de julho as ações de busca ativa tiveram continuidade na área de Carapibus, Jacumã e Gurugi II. As equipes das Unidades Básicas de Saúde de Carapibus e jacumã receberam 1400 repelentes que estão sendo entregues às famílias de baixa renda residentes da região.

A Fiocruz PE e a Universidade Federal da Paraíba estão em parceria em um projeto de pesquisa para estudo entomológico do Anopheles em Conde, iniciando os trabalhos de campo esta semana, com apoio da Secretaria Municipal e Estadual de Saúde.

tratis.jpg